Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 02 de outubro de 2019.
Dia Internacional do Notário.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

comércio exterior

Edição impressa de 02/10/2019. Alterada em 02/10 às 03h00min

OMC reduz previsão para expansão do comércio mundial

Por causa da escalada das tensões comerciais e a desaceleração da economia global, a Organização Mundial do Comércio (OMC) apresentou, ontem, o que chamou de um "corte drástico" em sua projeção para o crescimento das transações globais de 2019. De acordo com a entidade, que tem sede em Genebra, a expansão será de 1,2% neste ano, bem abaixo da projeção apresentada apenas seis meses atrás, de 2,6%. Para 2020, a instituição também diminuiu sua estimativa de crescimento, de 3%, em abril, para 2,7% agora.
Por causa da escalada das tensões comerciais e a desaceleração da economia global, a Organização Mundial do Comércio (OMC) apresentou, ontem, o que chamou de um "corte drástico" em sua projeção para o crescimento das transações globais de 2019. De acordo com a entidade, que tem sede em Genebra, a expansão será de 1,2% neste ano, bem abaixo da projeção apresentada apenas seis meses atrás, de 2,6%. Para 2020, a instituição também diminuiu sua estimativa de crescimento, de 3%, em abril, para 2,7% agora.
A expectativa para 2020 leva em conta a diminuição da disputa China-EUA. A OMC também ressaltou que indicadores relacionados ao comércio sinalizam uma trajetória preocupante no globo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia