Porto Alegre, quinta-feira, 23 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 23 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Mercado financeiro

- Publicada em 15h05min, 14/01/2020. Atualizada em 15h05min, 14/01/2020.

Bolsas da Europa fecham em alta com volatilidade e acordo EUA-China, exceto Madri

As bolsas da Europa fecharam esta terça-feira (14) com maioria em alta, à exceção de Madri. O mercado acionário local apresentou volatilidade, um dia antes da assinatura da "fase 1" do acordo comercial entre Estados Unidos e China. Com o noticiário local vazio, investidores também aguardam a divulgação de balanços de empresas europeias. O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em alta de 0,29%, a 419,59 pontos.
As bolsas da Europa fecharam esta terça-feira (14) com maioria em alta, à exceção de Madri. O mercado acionário local apresentou volatilidade, um dia antes da assinatura da "fase 1" do acordo comercial entre Estados Unidos e China. Com o noticiário local vazio, investidores também aguardam a divulgação de balanços de empresas europeias. O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em alta de 0,29%, a 419,59 pontos.
A manhã foi de volatilidade nos mercados internacionais, muito por conta do início da temporada de balanços nos EUA. Entre resultados corporativos divulgados hoje, JPMorgan e Citigroup surpreenderam positivamente, enquanto o Wells Fargo decepcionou analistas.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5c6f03d777ac4', 'cd_midia':8634598, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/gif/2019/02/21/banner_whatsapp_280x50px_branco-8634598.gif', 'ds_midia': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'ds_midia_credi': 'Thiago Machado / Arte JC', 'ds_midia_titlo': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '280', 'cd_midia_h': '50', 'align': 'Center'}
O índice FTSE 100, da Bolsa de Londres, fechou em alta de 0,06%, a 7.622,35 pontos. O índice DAX, da Bolsa de Frankfurt, fechou em elevação de 0,04%, aos 13.456,49 pontos.
A assinatura do acordo comercial sino-americano, agendada para amanhã, também é aguardada. Ontem, o representante comercial americano, Robert Lighthizer, informou que o acordo inclui "compromissos sobre manipulação cambial" e que confirmou que os EUA decidiram retirar a China de uma lista de países que manipulam o câmbio.
Em Paris, o índice CAC 40 fechou em alta de 0,08%, aos 6.040,89 pontos. Em Milão, o índice FTSE MIB avançou 0,13%, aos 23.928,21 pontos. O índice PSI 20, da Bolsa de Lisboa, fechou em alta de 0,61%, a 5.292,22 pontos, máxima do dia.
Apenas o índice Ibex 35, da Bolsa de Madri, fechou no vermelho, em queda de 0,16%, a 9.528,30 pontos.
Comentários CORRIGIR TEXTO