Porto Alegre, terça-feira, 30 de junho de 2020.
Dia do Economista.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 30 de junho de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

clima

29/06/2020 - 22h46min. Alterada em 30/06 às 08h55min

Ciclone-bomba deve atingir Litoral Norte do Rio Grande do Sul nesta terça-feira

Ciclones 'sugam' o ar frio, provocando forte queda nas temperaturas a partir de quarta-feira

Ciclones 'sugam' o ar frio, provocando forte queda nas temperaturas a partir de quarta-feira


JONATHAN HECKLER/JC
Um ciclone-bomba deverá atingir o Sul e o Sudeste do Brasil a partir de terça-feira (30) e se intensificando na quarta-feira (1). Segundo nota divulgada pela MetSul meteorologia na noite desta segunda-feira (29), a tempestade trará ventos de 80 km/h a 100 km/h em Porto Alegre, podendo chegar a 120 km/h no Litoral Norte. A empresa ainda adverte para o risco de queda de luz e “danos como destelhamentos e colapso de estruturas.”
Um ciclone-bomba deverá atingir o Sul e o Sudeste do Brasil a partir de terça-feira (30) e se intensificando na quarta-feira (1). Segundo nota divulgada pela MetSul meteorologia na noite desta segunda-feira (29), a tempestade trará ventos de 80 km/h a 100 km/h em Porto Alegre, podendo chegar a 120 km/h no Litoral Norte. A empresa ainda adverte para o risco de queda de luz e “danos como destelhamentos e colapso de estruturas.”
Comuns no inverno e em regiões de altas latitudes - como Europa, Estados Unidos e no Sudeste do Rio da Prata, abaixo de Buenos Aires, os ciclones "sugam" o ar frio, provocando uma forte queda nas temperaturas a partir de quarta-feira. Os efeitos desta "ciclogênese explosiva" também deverá ser sentida em todo litoral Sudeste, explicou o serviço de meteorologia.
O Centro de Hidrografia da Marinha fez alerta em seu site prevendo ventos fortes e ressaca desde o Chuí até Florianópolis.
O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgou pela manhã alerta sobre ventos de até 90 km/h.  
Comentários